STONEBONES AND BAD SPAGHETTI

STONEBONES AND BAD SPAGHETTI + DJ’S GOLPE DE ESTADO
Festa 25 de Abril | Concerto
24 (Ter) | 22h | 3 €

Os Stonebones & Bad Spaghetti nasceram da paixão pela música improvisada, vibrante e contagiante do Bluegrass. São a única banda de Bluegrass portuguesa.
André Lentilhas | banjo 5 cordas, dobro
Nuno Lopes de Paula |  guitarra, voz
Hildebrando Soares | guitarra, voz
Pedro Lopes de Paula | washboard
Gil Pereira | contrabaixo
Bruno Lourenço | bandolim
Nuno Faria | contrabaixo
Francisco Pires | violino
Carlos Fonseca | violino
BIOGRAFIA
Os Stonebones & Bad Spaghetti são a única banda de Bluegrass em Portugal. Nasceram no início de 2009, como consequência de algumas sessões de improviso em casa de Bryan Marovich, estudante americano que vivia em Portugal e entusiasta deste estilo de música – o Bluegrass. Cedo construiram um núcleo forte aos quais se juntam outros músicos em colaboração, enriquecendo ainda mais esta banda que é única no panorama nacional.
Com um conjunto de instrumentos acústicos procuram através da empatia entre os membros do grupo contruir um repertório de grandes êxitos da música tradicional americana oriunda do sul dos E.U.A.
O Bluegrass é caracterizado pela utilização de intrumentos acústicos, alguns deles com pouca representação entre nós como é o caso do Banjo de 5 cordas e o Dobro. É um estilo de música com andamento rápido e com constante improviso, de raízes populares e influências diversas, desde o Folk Tradicional Irlandês ao Jazz e Blues. Neste estilo de música, o improviso é uma constante, sendo muito interessante seguir de perto o diálogo picado entre dois ou mais intrumentos que competindo entre si tornam a música um desafio ao virtuosismo e capacidade inventiva dos músicos.
Os Stonebones & Bad Spaghetti são conhecidos pela incrível energia da sua música, guiados pelo estilo forte e inconfundível do banjo e pela doce harmonia que é providenciada por toda a banda. O seu repertório é constituido por uma recolha de música americana, tendo por base o Bluegrass, Jazz dos anos 20 e 30, Blues, Música tradicional irlandesa, Vaudeville, Dixie, Country e clássicos de sempre.
Artistas de quem também gostamos
Tony Rice, Tony Trischka, Doc Watson, Bill Monroe, Bela Fleck, …

DJ’S GOLPE DE ESTADO
Djs de “Músicas do mundo”, ex-combatentes mercenários antiditadores. Tentam a redenção através da música. Actuam preferencialmente em dias revolucionários.
Colectivo de DJs de “músicas do mundo”, ex mercenários políticos à escala mundial. Passam música em dias de Golpe de Estado!
Fabricam cocktails molotov à base de :
Afropop, Afrobeat, Bolywood, Boleros, Bhangra, Blues, Chorinho, Celta, Chicha,Cha Cha Cha, Cumbia, Cigana,Chorinho,Charanga, Calypso, Electro Swing, Forró, Flamenco, Fado, Guaguancó, Grega, Intervenção, Jazz Latino, Klezmer, Mandinga,Manouche,Mambo,Manguebeat, Marrabenta, Merengue,Mariachi,Juju, Palenque, Rock, Raggae Roots,Rumba, Rai, Rock Roots,Rancheras,Son Cubano, Salsa, Soukous, Semba, Swing,Ska,Tropicalia, Tarantela,Trova,World Pop,Xote,Zouk, Tuva.
About these ads

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s