O MELHOR FOI O JANTAR

O MELHOR FOI O JANTAR – receita para uma metáfora
Alunos da Oficina de Criação 2011/2012 do SOU

JULHO de 2012
Dias 1,2,3, 30 e 31
21h | Casa dos Amigos do Minho, Intendente
7€ com refeição incluída (Bacalhau à Minhota)

M/ 12
Lotação limitada a 25 pessoas
Reservas para: info@sou.pt

O Melhor foi o Jantar (receita para uma metáfora) explora os limites entre a realidade e o teatro. É um jogo de confusões onde nunca se sabe o que faz parte do enredo.
Instalarmo-nos na Casa dos Amigos do Minho, em plena Rua do Benformoso no Intendente, já foi uma experiência excitante, estimulante e arrebatadora. Fazer um espectáculo mais interessante do que o que acontece nessa rua já é, por si só, um desafio inquietante: deixarmo-nos impressionar pelo que se sucede no bairro, pelas histórias e pelas personagens que habitam a casa. Mas eles são fonte de inspiração e não protagonistas.
Parti de perguntas que fiz aos intérpretes, das quais foi aparecendo um universo poético e absurdo. Agora eles cantam, dançam e tentam descobrir onde está a verdadeira verdade. Entretanto, o público será servido com um saboroso e maravilhoso “Bacalhau à Minhota”.

Bom proveito! Haverá rifas com um sorteio à antiga de uma garrafa de Vinho do Porto!

Claudio Hochman

FICHA ARTÍSTICA

Encenação Claudio Hochman ·  Concepção e interpretação musical Gil Dionísio

Intérpretes Ana Vilela, Catarina Ribeiro, Cilene Sendim, Diana Bernardes, Eva Campos, José Luís Costa, Marta Lopes, Madalena Marques, Telma Pereira

Co-Produção SOU e LARGO Residências

Apoios Casa dos Amigos do Minho
Fotografia Adriana Correia de Oliveira e  Cristina Moreno Cuesta
Vídeo Cristina Moreno Cuesta 

VÍDEO