JOÃO DA ILHA

JOÃO DA ILHA
Concerto Acústico
21 Set. (Sex.) | 22h | 3€

«De uma das místicas Ilhas Açorianas, a Terceira, partiu um dia o João para “desembarcar” na bela cidade Sadina de Setúbal. Após um duo acústico e um percurso a solo, foi em Janeiro de 2008 que a ele juntaram-se Nuno Carpinteiro e Sandro Maduro e o projecto estreou-se em Junho desse mesmo ano em trio, reflectindo o facto de cada um dos músicos integrantes desejar dedicar-se à música moderna portuguesa, tendo como universo de inspiração os Açores, a ambiência da cidade à beira Sado e as influências do mundo.

Em Fevereiro de 2009 o trio apresentou o EP PULSAÇÃO com cinco canções, gravado em Janeiro desse mesmo ano no Estúdio Gravação Galiére (Setúbal), o que permitiu maior divulgação do seu trabalho e a continuação de vários concertos, entre as localidades de Setúbal, Lisboa e Açores.

Embora a formação da banda tenha contado com a colaboração de outros músicos em fases distintas, nomeadamente José Almeida no bandolim, João Moreira na bateria, e António Severino nas percussões (músico açoriano que colaborou ao vivo em actuações nos Açores), foi em Setembro de 2009 que iniciou-se uma nova etapa com a ampliação da formação, entrando para o grupo o experiente baterista/percussionista Setubalense Rui Rosado (Ruca).

Desde então, João da Ilha continua a consolidar o seu trabalho e a divulgar a sua música, tendo já alguns concertos e momentos marcantes no seu percurso tais como: Portas do Mar 2008 (Açores), Sanjoaninas 2009 (Açores), 1ª parte de OqueStrada – Semana do Caloiro ESCE/IPS 2009 (Setúbal), Programa da RTP Açores «Atlântida» de Sidónio Bettencourt – Jan. 2010 (Lisboa), Programa da RTP1 «Quarto Crescente» de Júlio Isidro – Mar. 2010 (Lisboa), Feira de Sant’Iago 2010 (Setúbal), Festa do Avante 2010 (Seixal), 14ª edição do circuito musical “Outonalidades” da Associação d’Orfeu, que levou o grupo a Espanha para quatro concertos – Dez. de 2010 (Galiza), Feira de Sant’Iago 2011 (Setúbal), Porto Covo em Festa 2011 (Porto Covo/Sines), Festa do Avante 2011 (Seixal), BalconyTV – Fev. 2012 (Lisboa), e participação n’ «a música portuguesa a gostar dela própria» – Fev. 2012.

AMANHECER o álbum de estreia, constituído por dez canções originais e um arranjo que homenageia autores açorianos, foi produzido e gravado durante o primeiro semestre de 2011 no Estúdio BBS (Vendas Novas), com produção musical de Carlos Barreto Xavier, produtor de “LisGoa” (2010) de António Chainho, entre outros. Após o EP apresentado em 2009, este foi um passo natural de um projecto que se afirma num estilo próprio, e que faz questão de cantar a língua portuguesa, integrando diversas influências que culminam numa sonoridade acústica, calma e sobretudo viajante… É música do Atlântico!

O disco foi apresentado no dia 10 de Dezembro 2011, na Casa da Baía – Setúbal, e foi promovido nos showcases das lojas Fnac durante o mês de Fevereiro de 2012.»

João da Ilha: voz, guitarra acústica (nylon)
Sandro Maduro: baixo eléctrico, coros
Nuno Carpinteiro: acordeão
Rui Rosado: bateria, percussão

http://www.joaodailha.com/
https://www.facebook.com/joaodailha

Anúncios