Workshop Dramaturgia

Workshop de Dramaturgia Prática
Com Ana Tamen
6, 13 e 20 Abril | 14h às 19h | 40€

O LASTRO DE ÉDIPO

Análise dramatúrgica de três obras e três autores:
Édipo Rei de Sófocles
Hamlet de Shakespeare
A Gaivota de A. Tchekov

Uma dramaturgia sob o signo edipiano ou o mito fundador da dramaturgia Ocidental. Iremos, através de uma análise dramatúrgica sucinta, encontrar ligações e pontos de contacto entre estas obras em tempos e espaços tão distintos.

Calendário das Sessões:
6 Abril – Édipo Rei de Sófocles
13 Abril – Hamlet de Shakespeare
20 Abril – A Gaivota de A. Tchekov

Referências Bibliográficas:

  • Shakespeare, William Hamlet (2007) Edições Cotovia, trad. António Feijó
  • Sófocles, Édipo Rei (1988) Editorial Inquérito, trad. Agostinho da Silva
  • Tchekov, Anton A Gaivota (2006) Relógio de Água, trad. Nina e Filipe Guerra

Requisitos:

  • Leitura prévia das três obras em análise.
  • Mínimo 10 alunos

Ana Tamen
Encenadora, professora e actriz formou-se em Filosofia, tem o Curso Superior de Teatro do Conservatório Nacional e obteve o grau de Mestrado em Theater Arts em 1989, na Universidade do Minnesota nos Estados Unidos, onde foi Assistente das cadeiras de Acting for the Camera e Introduction to Theater. Nos Estados Unidos encenou The Nightwatch de Botho Strauss, e Suppressed Desires de Susan Glaspell. Em Portugal encenou Nunca Nada de Ninguém de Luísa Costa Gomes, Grande e pequeno, de Botho Strauss, e A Última Jogada de Samuel Beckett. De novo nos Estados Unidos, co-encena com Jean-Marie Apostolidès George Dandin de Molière. Em 1998 encena Geografia & Peças de Gertrude Stein na Culturgest e em 2001 O Romper do Dia de Timberlake Wertenbaker no Teatro da Trindade. Em 2003 dirige a leitura encenada de O Rei Lear de Shakespeare no Teatro Nacional. Em 2004 encena Vanessa vai à Luta de Luísa Costa Gomes e em 2005 Um Filho, da mesma autora. Em 2006, dirige o espectáculo D’Abalada e em 2007 A Fedra de Racine no Teatro Maria Matos. Foi professora de Estética Teatral, e Actuação para as Câmaras no IFICT. Deu aulas de Dramaturgia na Escola de Teatro de Cascais e entre 2000-2002 foi professora convidada na Escola Superior de Teatro. Em 2005 dirigiu para a Escola de Artes e Ofícios do Chapitô, o espectáculo Os Enfatriões de Camões, no auditório ao ar livre da Fundação Gulbenkian. Em 2002, no âmbito do Workshop International Festival em Londres, dirige um workshop a partir de O Livro do Desassossego de Bernardo Soares e na sequência deste trabalho, apresentou em 2003 uma Performance/Instalação na Menier’s Chocolate Factory em Londres. Em 2004 funda em conjunto com Miguel Abreu e a produtora Cassefaz, o Centro Internacional de Teatro (CIT) organizando desde então vários worshops internacionais, com orientação de Bruce Myers, Lee Breuer e Polina Klimovitskaya, Richard Foreman entre outros, tendo como objectivo a criação e o intercâmbio artístico internacionais. Em Outubro de 2007 estreia, no âmbito do Festival Temps d’Images, a peça ‘Da Boca para Dentro’ um espectáculo multimédia baseado nas filmagens de Richard Foreman com textos de Luísa Costa Gomes para o ‘Bridge Project’. Em Setembro de 2008 dirige o projecto ‘Molière! Molière! Modo de Usar’ no Teatro S. Luiz – um projecto de leituras encenadas e ensaios abertos de ‘O Misantropo’ e o ‘O Burguês Fidalgo’ de Molière. É, desde Fevereiro de 2007, professora auxiliar convidada no Departamento de Artes Cénicas da Universidade de Évora, onde dirigiu os exercícos/espectáculos ‘As Criadas’ de J. Genet (2007); ‘A Floresta do Alheamento’ de Fernando Pessoa (2008) e ‘O Misantropo’ de Molière (2008). Em 2007 é convidada a integrar, como membro, o Centro de História de Arte e Investigação Artística da UÉ, onde se propõe a desenvolver o projecto ‘O Actor Permanente’ em parceria com o Centro Internacional de Teatro, a Escola Superior de Teatro e Cinema, e o centro de investigação da Universidade de Algarve. No âmbito deste projecto, organiza em 2008 um workshop internacional com a participação de estudantes e actores profissonais, orientado pela Profª Drª Polina Klimovitskaya, e em 2009 organiza um ciclo de workshops seguidos de conferência, sobre ‘A procura do Actor no século XXI’.

Anúncios