AULAS DE DANÇA CLÁSSICA 2013/2014

paulinasantos
AULAS DE DANÇA CLÁSSICA
Sex. – 19h às 20h30 e 20h30 às 22h
com Paulina Santos

Aula a realizar mediante número mínimo de inscrições para info@sou.pt
Mais informações sobre preços e inscrições aqui

Iniciou os seus estudos de dança clássica aos 9 anos de idade, na Academia de Bailado do Porto, com a professora Paula Lino (Imperial Society of Teacher of Dancing, método Cecchetti).
Para além dos estudos iniciais com Paula Lino, frequentou também vários cursos de Verão, sob orientação de vários mestres como Victoria Chappel, Barbara Fewster, Diane van Schoor, Franco de Vita, Raymond Lukens, Cara Drawer, Richard Glasstone, Svetlana Ossieva, Boris Bregvadre e Ana Lázaro.
Em 1990, sob direcção Artística de Armando Jorge, tendo como orientadora de estágio Madame Violette Quenolle. Em 2004, sob a direcção de Marc Jonkers, ascendeu à categoria de bailarina solista.

Paulina dançou muitos bailados do reportório clássico, neo-clássico e contemporâneo, interpretando papéis solisticos e destacando-se em: Apollo, 1º solo em Raymonda (III acto), Coppélia (Véspera), Cinderela (pas-de-deux do Verão), O Quebra-Nozes (princesa oriental), Cantoluso, A Bela Adormecida (pas-de-quatre), Llanto (papel principal), In the Middle Somewhat Elevated (papel principal), Agon (1º trio), Serenade, Anfractus, Giselle (pas-de-dix e Zulma), Tema e Variações (4 demi-solistas), Aract, Pedro e Inês, Kammerballet, Debaixo da Pele, Return to a Strange Land, Por Vos Muero, O Lago dos Cisnes (Cisnes Grandes), Dualidade, Treze Gestos de um Corpo, entre outros.
Durante o ano de 1995, Paulina trabalhou com a Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo de Vasco Wellenkamp. Em 2002, participa na Gala dos 25 anos da Companhia das Rosas (Anne Teresa de Keersmaeker), em Bruxelas, com o bailado Lisbon Piece. Em 2004, a convite da coreógrafa Olga Roriz, Paulina Santos fez parte da produção de Amor ao Canto do Bar Vestido de Negro.
Participou também nos Festivais de Biarritz e de Scopia, dançando o bailado Bach à l’Orientale, de Mehmet Balkan.

Anúncios