Historial

SOU é uma Associação Cultural sem fins lucrativos cuja actividade se centra na formação, criação e programação artística. Tem como principais objectivos: oferecer formação nas áreas das artes performativas; promover e dinamizar actividades culturais; acolher criadores de várias áreas artísticas, com o intuito de enriquecer o tecido cultural artístico nacional e local.

SOU foi fundado em 2004 por Vanda Melo, numa antiga loja, nos Anjos, agitada zona de comércio e habitação, caracterizada pela sua diversidade humana e cultural. Em 2008 foi altura de abraçar um novo desafio, nascendo o espaço SOU com estúdio (espaço de aulas e apresentações), vestiário, cafetaria, esplanada, expositores (roupa, figurinos e artesanato) e espaço para exposições.

Ainda com morada nos Anjos, este projecto deu lugar à criação de uma associação constituída por um grupo de profissionais de várias áreas artísticas e de gestão, ampliando as vertentes formativas, de criação, produção e programação artística. Concretizam-se as parcerias com escolas e infantários da zona, assim como com a Junta de Freguesia, criando dinâmicas com outras franjas de idade, nomeadamente com os idosos.

No ano lectivo 2009/2010, nasce o CAP – Curso de Artes Performativas, com um conjunto variado de propostas promovidas a partir de um corpo docente composto por: Ana Tamen, Cláudio Hochman, Félix Lozano, Madalena Victorino, Marta Silva, Miguel Moreira, Pedro Sena-Nunes, Sara Machado Graça.

Contando já com 7 anos de experiência rica e programação variada, SOU destaca-se pela oferta regular de programação e pela sua especificidade formativa, orientada para o desenvolvimento de competências artísticas nos domínios das artes performativas.

Em 2010 o reconhecimento do SOU enquanto espaço de oferta cultural no bairro dos anjos, afirma-se com o Festival AoGosto (criação e produção) e partir da parceria com o Festival Todos (co-produções, acolhimento de programação e ponto e encontro de artistas participantes).

OBJECTIVOS:

De acordo com as três áreas de intervenção já articuladas (formação, programação e criação artística), para o ano de 2011 foi delineado um plano de actividades que define como estratégia central o contínuo envolvimento entre a equipa de profissionais do SOU, convidados e o público em geral.

Estas três grandes áreas estão unidas através de uma estratégia de envolvimento entre a equipa de profissionais do SOU, convidados e o público em geral.

Como objectivos artísticos prioritários definimos:
1. Fomentar projectos artísticos de qualidade;
2. Disponibilizar programação de qualidade e maioritariamente gratuita;
3. Promover a qualidade de vida e a cidadania das populações locais.

Como objectivos profissionais prioritários foram definidos:
1. Partilha de experiências e valências entre profissionais;
2. Intercâmbio com artistas emergentes;
3. Apoio na criação de projectos interdisciplinares;
4. Desenvolver um colectivo artístico residente.

Uma das principais premissas deste espaço é a abertura das actividades a todos. Como tal, os horários e as condições de participação (a maioria das actividades são de entrada livre) têm sido adaptados, de acordo, com uma estratégia de criação e educação de públicos.

Reforçando uma das suas principais linha de trabalho, em 2011 volta a apostar-se na formação, reforçando o que sempre foi a principal característica da SOU. As formações (regulares e pontuais) foram programadas em sintonia com o trabalho que se tem vindo a desenvolver no Curso de Artes Performativas (CAP). Procurando sempre promover uma formação intensiva multidisciplinar para os alunos ou para quem já tenha formação específica nestes domínios e pretenda aprofundar outras.

As necessidades formativas têm sempre procurado a variedade e coesão dos conteúdos e o reconhecimento do SOU como um lugar de formação artística independente, de qualidade e em permanente desenvolvimento e actualização. Todos os formadores têm um percurso profissional e criativo rico e comprovado, formação e experiência que os qualifica para a actividade pedagógica. Procura-se, sempre incluir a formação nas actividades do espaço. Sendo estas, igualmente pensadas para enriquecer o percurso dos formandos e as relações destes com os formadores (nomeadamente formadores) do SOU. Deste modo, estimulam-se momentos que promovam a partilha de práticas, além do espaço formativo e envolvendo os formandos nessa mesma dinâmica. Esta programação procura, também, acolher colectivos e indivíduos que aqui encontram uma oportunidade de apresentar os seus trabalhos, ideias e criações.

Um dos elementos de diferenciação deste espaço é a sua capacidade de adaptação a diferentes formatos, acolhendo propostas criativas muito diversificadas.

Por outro lado, estas actividades são, na sua maioria, idealizadas e da responsabilidade de colaboradores.

Antigo Espaço SOU

Quadro alusivo criado por Carlos Farinha

SOU_Carlos_farinha

Vídeo Promocional

 

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s